quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Palmeiras prevê lucro de R$ 33 milhões e receita recorde na temporada 2016


O Palmeiras trata as metas financeiras para 2016 como conservadoras, mas a projeção para os números finais da atual temporada são bem superiores, em comparação ao que foi registrado no ano passado. O clube Alviverde prevê um lucro de R$ 33,4 milhões, ante um pequeno déficit de R$ 583 mil entre janeiro e novembro de 2015.

De acordo com um documento do departamento financeiro do clube, a projeção de receita para os próximos 12 meses é de R$ 353,1 milhões. As despesas, por sua vez, devem chegar a R$ 319,7 milhões.

O futebol será o grande responsável pelos bons resultados de 2016. O lucro com o departamento ultrapassará a marca de aproximadamente R$ 92 milhões, com receita de quase R$ 300 milhões - os gastos previstos são de R$ 208 milhões.

Isso ocorreu em 2015. Até novembro, o futebol do Palmeiras arrecadou R$ 296 milhões, com despesa de R$ 218 milhões. Nesse cenário, dois pontos foram os vilões do orçamento palmeirense: a "amortização de atletas" e as "despesas financeiras".

O primeiro gerou um déficit de R$ 18,3 milhões. O segundo, de R$ 37,5 milhões. Para 2016, essas despesas continuarão altas e no vermelho: R$ 21 milhões e R$ 25,8 milhões, respectivamente.

De acordo com as projeções do Palmeiras, os patrocínios contribuirão com R$ 68,9 milhões. As cotas de televisão têm a maior participação, com R$ 137,4 milhões. O clube prevê arrecadar R$ 46,6 milhões com a bilheteria e mais R$ 45,6 milhões com o programa de sócio-torcedor.

Fonte: UOL Esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário